DIETA DA PACIÊNCIA
 
 
Se você está deprimido,
Você está vivendo no passado;
Se você está ansioso,
Você está vivendo no futuro;
Se você está em paz 
Você está vivendo no momento presente. 
(Lao Tzu)
 
SOBRE PACIÊNCIA
UMA CANÇÃO SOBRE PACIÊNCIA
 
 
SOBRE PACIÊNCIA
Segundo a escritora e psicologa Bel Cesar*
"Todos nós, com a inocente esperança de viver melhor, assumimos mais compromissos do que podemos e depois nos surpreendemos com problemas mais sérios e inesperados do que imaginávamos enfrentar. Quando as coisas não funcionam de acordo com as nossas expectativas, temos cada vez menos paciência. Nos tornamos mais rígidos e cansados.
Sofremos um grande paradoxo: cada vez que produzimos mais no mundo externo, criamos menos no mundo interno. Podemos estar ganhando mais tempo e espaço à nossa volta, mas temos de admitir que estamos perdendo a habilidade de lidar com nosso tempo interno: estamos cada vez mais impacientes.Queremos que nosso mundo interno, nossas emoções, sentimentos e percepções, fluam com a mesma velocidade da internet... Como não toleramos esperar o tempo natural do amadurecimento de nossas emoções, sofremos a dor da impaciência: semelhante a uma queimadura interna, ardemos de ansiedade!"

 
"Segundo o Budismo Tibetano, ter paciência é ter força interior para não se deixar levar pela negatividade.
Ter paciência é escolher manter a clareza emocional quando o outro já a perdeu. Neste sentido, ter paciência é decidir manter sua mente limpa, livre da contaminação da raiva e do apego.
No entanto, não basta termos uma intenção clara quanto a nossas escolhas, é preciso desenvolver a força interior para sustentá-las. Neste sentido, não basta compreender racionalmente o que é ter paciência, é preciso cultivá-la interiormente.
Temos de admitir que o tempo de que precisamos para amadurecer uma compreensão emocional é muito maior do que aquele de que necessitamos para sua compreensão racional."
Lama Gangchen notou que para nós, ocidentais, a palavra paciência está contaminada por um sentimento de suportar uma dificuldade, ao invés de estar associada à intenção de nos libertarmos dela. Então, ele sugere que troquemos a palavra paciência por espaço. Na próxima vez que você pensar: “Preciso de paciência com fulano”, diga para si mesmo: “Preciso criar espaço entre mim e fulano”. Não se trata de se distanciar de alguém, como numa fuga, mas sim de recuperar sua autonomia emocional.
Autocontrole advém do autoconhecimento. Uma vez que soubermos reconhecer nossos limites, seremos capazes de não perder o controle simplesmente por respeitá-los. Saberemos o momento certo de parar quando não temermos mais nos sentir impotentes diante dos fatos, pois, ao reconhecer nossos limites, aprendemos que “dar murro em ponta de faca” irá nos ferir ainda mais.

Isto não quer dizer que iremos nos tornar covardes. Ao contrário, por meio da paciência, conseguimos desenvolver uma auto imagem capaz de confiar na capacidade de seguir em frente de forma segura e contínua, sem precisar lutar contra o mundo. A possibilidade de cultivar a paciência advém da força de ir além da negatividade, ao invés de interagir com ela.
Para saber se estamos praticando verdadeiramente a paciência, podemos observar o quanto nossas palavras e comportamentos têm ferido os outros. Do mesmo modo, estaremos nos machucando menos se respeitarmos a necessidade natural de ter tempo e espaço para estar com nossas emoções, sejam elas positivas ou negativas.

Bel Cesar é escritora, psicóloga e praticante do Budismo Tibetano.Autora dos livros Viagem Interior ao Tibete, Morrer não se improvisa, O livro das Emoções e Mania de Sofrer (Editora Gaia)
 
AHONUI - O CONCEITO KAHUNA DE PACIÊNCIA
 

A palavra havaiana "AHONUI" é comumente traduzida como "paciência".
No entanto, esta tradução parece estar equivocada.
Geralmente, quando nós, "ha'oles" (homem branco) falamos em paciência queremos dizer a capacidade de sofrer dificuldades, ou desconforto, ou dor, sem reclamar.
Há uma sensação de força interior ou coragem sobre isso, mas é, essencialmente, um conceito passivo.
Por mais que este conceito possa parecer admirável, ele não abarca o significado completo de "Ahonui".
Ahonui também é enfrentar o infortúnio com coragem e perseverança, mas principalmente Ahohui está baseado no 5º Principío da Psicofilosofia dos Kahunas: ALOHA.
Aloha é o caminho do AMOR COMPARTILHADO e ao trilharmos o caminho de Aloha, nos sintonizamos com o Poder Divino.
A essencia de Ahonui é ALOHA. É o Espirito de Aloha que lhe dará forças para que você perseverar e continuar tecendo seus sonhos, dentro do seu tempo sagrado.
Estando em Aloha, você terá a "AHONUI"para continuar apesar da dúvida, decepção, medo, mal-entendidos, e de todas as dificuldades que possam se apresentar. Neste universo infinito, impossibilidade é você não tentar e falhar é você desistir.

 

 
 

MEDITAÇÃO ALOHA - Uma Prática para a Paz-Ciência

 
 
 
LET IT BE (Deixa Estar) - UMA CANÇÃO SOBRE PACIÊNCIA