ALÉM DO JARDIM -

O CAMINHO DAS FLORES

 
"...Outubro. Tarde ensolarada de Primavera..
Os raios de sol brincam por entre as folhas da vegetação exuberante.
Sigo pela tarde, observando as flores. Pequenas jóias de luz, incrustadas no corpo de Gaia.
Com suas formas harmoniosas, geometricamente perfeitas, elas absorvem e traduzem a LUZ MAIOR, devolvendo-a ao mundo em forma de cor e perfume".
Irene Carmo Pimenta
 
 
A TERAPIA FLORAL E A JORNADA DA ALMA
 
Da mesma forma que acontece com os seres humanos, o processo evolutivo das plantas durante a sua existência é também um aprendizado, onde elas buscam harmonizar-se com as leis que regem o universo. As flores são a área de maior concentração de energia vital nas plantas.
Da mesma forma que acontece com os seres humanos, o processo evolutivo das plantas durante a sua existência é também um aprendizado, onde elas buscam harmonizar-se com as leis que regem o universo. As flores são a área de maior concentração de energia vital nas plantas.
Elas representam o estágio mais avançado da alma vegetal. O momentum de perpetuação e da evolução da espécie.
Com suas formas perfeitas e harmoniosas, suas cores e seu perfume as flores sempre causaram uma profunda impressão nos seres humanos.
Goethe* afirma em seu Tratado Das Cores que a flor é mais perfeita manifestação do mundo vegetal. Através dos seus escritos (Teoria da Metamorfose das Plantas e o Tratado das Cores), publicados no final do séc.XVIII, Goethe nos fez perceber que o crescimento de um vegetal reproduz simbolicamente o processo que a humanidade teve que atravessar em sua evolução, desde que saiu do “paraíso” (como centelha divina a percorrer os diversos mundos).
As cores manifestadas pelas flores atestam que os vegetais já atravessaram o seu Kali-yuga** e estão atingindo estágios mais evoluídos – sugerindo um retorno a Luz primordial.

GOETHE - Johann Wolfgang von Goethe (1749-1832) foi um escritor alemão, além de cientista e filósofo. Como escritor, Goethe foi uma das mais importantes figuras da literatura alemã e do Romantismo europeu, nos finais do século XVIII e inícios do século XIX.

KALI-YUGA – (Kali, do sanscrito, significa conflito, ferro. Yuga, significa idade, era cósmica). Kali-yuga é a era dos conflitos. Momento atual da Humanidade.
(Para os hindus kali-yuga é um dos ciclos (eras) completo de nascimento, vida e destruição do Universo. As eras são quatro: krita (de ouro), treta (de prata), dwápara (de bronze) e kali (de ferro). No final destes quatro ciclos acontece o mahapralaya, a destruição final do Universo.)

 
De uma maneira simbólica, as essências florais são “a experiência” da planta em sua jornada evolutiva,
e nos crescemos em percepção e consciência quando fazemos uso delas
O Dr. Edward Bach, criador da terapia floral reavaliou os conceitos de doença e cura, e foi o pioneiro na compreensão da relação das emoções com a saúde do corpo e da psique. Isso ocorreu várias décadas antes que a maioria dos médicos contemporâneos começasse a se interessar pelo tema. Segundo ele, a doença (ou o desequilíbrio) surge quando perdemos a conexão com a nossa alma. Com nosso verdadeiro propósito de vida. Como Bach explicou em sua obra Heal Thyself (Cura-te a ti mesmo), a doença é uma mensagem para mudarmos.
Uma oportunidade para tomarmos consciência das nossas imperfeições e para aprendermos as lições da vida, de modo a podermos cumprir melhor nosso verdadeiro destino.
No âmago de toda a doença está o conflito entre o Eu Superior e a Personalidade e nunca será erradicada sem que haja um grande esforço mental e espiritual no sentido do nosso autoconhecimento e da nossa evolução.
Segundo suas próprias palavras:
“... toda a alma encarnada está aqui com o propósito especifico de ganhar experiência, compreensão e aprimoramento (...) a menos que essa missão seja cumprida, ainda que de forma inconsciente, haverá inevitavelmente um conflito entre a alma e a personalidade do individuo, acarretando doenças físicas...”.

“O sentimento do medo, através do seu efeito depressor sobre a atividade mental, provoca desarmonia nos nossos corpos físico e magnético e abre caminho para a invasão bacteriana.
A verdadeira causa da doença está na nossa personalidade...”.
"As verdadeiras doenças básicas do ser humano são defeitos tais como o orgulho, a crueldade, o ódio, o egoísmo, a ignorância, a indecisão e a avidez".
As verdadeiras doenças básicas do ser humano são os defeitos tais como o orgulho, a crueldade, o ódio, o egoísmo, a ignorancia e a avidez".
 
 
APRENDENDO A CURAR COM AS ESSENCIAS FLORAIS
“Se você quiser curar com as plantas,
Primeiro aprenda a viver com as plantas.
Caminhe no ciclo das estações
Alinhando o seu coração,
Com o coração da Mãe Terra."
Hopi Elder Thomas Banyacya
 
“A terapia floral correlaciona um “arquétipo” ou “mensagem” de uma planta com uma qualidade específica da alma ou psique humana. Embora os sintomas físicos nos dêem pistas quanto aos problemas interiores , escolher uma essência floral é mais do que comparar uma lista de sintomas com uma lista de indicações. Mais exatamente, a ênfase é dada na identificação dos problemas e lições subjacentes, como meio de pintar um “retrato da alma” do individuo. Esse retrato é então correlacionado com uma ou mais essências florais cujas configurações vibracionais incorporam aquelas qualidades e processos.” (Kaminski in Repertório das Essências Florais Ed Trion)
 
QUER SABER MAIS SOBRE OS FLORAIS ?
Baixe inteiramente grátis o e-book "Além do Jardim - Flores que curam" .
 
 

 
O e-book disponibilizado é protegido pela Lei 9.610/98. Cópias ou distribuição do conteúdo sem autorização da autora serão reportadas como violação dos direitos autorais.