Visualizações 0

Durante uma exteriorização energética, ela surgiu sentada no dorso de um grandetigre desencarnado.
Serena, ela me olhou nos olhos e sorriu. Sua figura imponente emanava uma poderosa atmosfera energética. No entanto, a sensação era de que uma grande doçura invadira o ar em torno.
Poder-se-ia dizer que o poder dos raios e trovões havia mesclado-se à suavidade e beleza das flores em forma de mulher.
Ela nada disse, mas eu compreendi sua mensagem pelo olhar e pelo sorriso altivo. Brotou em minha mente o seu comando mental:

Toque o azul do céu com o seu chacra coronário e o solo com o seu chacra da base da coluna e os pés na grama.
Harmonize o azul do céu e o vermelho da Terra em seu coração espiritual.
Pense em Durga, a redentora dos aflitos e protetora dos trabalhadores espirituais.
Concentre-se mentalmente e com todo respeito no seu nome protetor, vibrando no centro do coração espiritual.
Trabalhe as energias e transforme-se num motor espiritual cheio do combustível divino. Pense nos olhos firmes do Amor Maior Que Governa A Existência observando sua ação em silêncio.
Trabalhe como um condutor desse Amor e nunca duvide da assistência espiritual intangível e invisível que guia a todos os procedimentos com sabedoria.

O Amor deve guiar a sua ação espiritual.
Durga decepa os egos renitentes com as suas afiadas espadas do discernimento, mas ela porta o aroma das flores e o brilho da felicidade. Seu olhar rompe as trevas mais densas e alcança velozmente o coração que odeia e espalha a aflição interdimensional.
Se houver a sintonia adequada, ela cortará os laços trevosos que encadeiam as obsessões espirituais. Ela curará as dores da alma e romperá as correntes da imaturidade.
Trabalhe e pense em seu nome: DURGA! DURGA! DURGA!
Pense em seu olhar e em seu sorriso silencioso. A força espiritual estará presente, mas invisível e intangível, como o aroma das flores”.

Ela desceu do tigre e abençoou-me com seu toque de Mãe espiritual. E eu senti o azul do céu e o vermelho da Terra saudando-me como irmão e trabalhador espiritual.
Ela fez um aceno de despedida e eu fiquei imerso numa onda de suavidade. Sua formosa figura foi se diluindo à minha frente e a última coisa que vi foi a firmeza do seu olhar.
Sempre ouvi falar do imenso poder de Durga, mas agora só consigo pensar nela como a Deusa do aroma das flores e da sutileza.
Que o seu olhar amoroso guie a jornada de todos aqueles que trabalham espiritualmente com responsabilidade e caráter firme na crosta da Terra e além…

OM NAMAH DURGAYA!
WAGNER BORGES

PS: Esses escritos são dedicados às mães de todos os lugares, pois só o coração de uma mulher pode expressar o amor incondicional que viaja protegendo os seus filhos e guiando-os na jornada, mesmo além do corpo e do mundo, naquele infinito dos sentimentos que abraçam em silêncio. Essas mães, emanações femininas da Divindade, que são as flores nos áridos caminhos dos homens, seus parceiros, amigos e filhos. Essas mães, que são emanações das mães do mundo… Durga, Maria, Kwan-Yin, Mátaji, Sarada Devi, Yemanjá…Essas “mães-flores-amparadoras”, deusas de firmeza e de ternura, “filhas-estrelas” do amor incondicional. Essas mães… parceiras, amigas e filhas… Expressões da Grande Deusa, a Mãe Divina…A Mãe do Amor Que Gera A Vida.

Notas:
* Durga (do sânscrito): Um dos aspectos da Mãe Divina na cosmogonia hinduísta. Significa literalmente”A Inacessível”.
É a Potência Feminina da Divindade. Simboliza o poder que protege o peregrino espiritual justo das investidas do mal.
É poderosa, mas além de sua aparência fenomênica que intimida os agentes maléficos, ela é pura ternura.
Ela porta as afiadas espadas do discernimento prontas para cortarem as cabeças dos egos renitentes. No entanto, em seus olhos brilha o amor de uma mãe.
Há uma equipe de amparadores que opera no Invisível em seu nome. Eles trabalham sob a sua poderosa egrégora (atmosfera espiritual sadia) e são craques em trabalhos de desobsessão (desassédio extrafísico) e ativação de chacras. Alguns deles plasmam espiritualmente a forma fenomênica da deusa e manifestam-se interdimensionalmente levando às suas vibrações protetoras aqueles que precisam.

Honre o Sagrado!  Quando for reproduzir as matérias desse Blog cite a fonte.

Gostou do conteúdo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Posts Recentes

BUSCA POR CATEGORIA

Copyright 2022® – Oficina de Consciência 

contato@oficinadeconsciencia.com.br

error: Conteúdo protegido!