Visualizações 8

Dentro da Cosmologia Xamânica, o mundo é dividido em três níveis: os mundos superiores, inferiores e médios. Isso muitas vezes é simbolizada por uma árvore do mundo (Axis Mundi)*, com as raízes, tronco e ramos correspondentes aos mundos, médio e superior, respectivamente.

Esta é a trindade do xamanismo. Cada nível contém em si uma certa qualidade vibracional que detém sabedoria e cura específica que seja acessível para o xamã, inserindo um estado não-ordinário ou alterado de consciência.

A capacidade de entrar na outra realidade é frequentemente alcançada através da utilização de um tambor, chocalho, dança, canto e plantas medicinais ou cogumelos. O xamã viaja através destes três mundos para recolher informações e medicinas que são específicos para a pessoa que está trabalhando.

O MUNDO INFERIOR

O mundo inferior é comumente mal entendido como sendo o lugar onde vivem os espíritos malignos, permeia as trevas, e, em geral, não é um bom lugar. Isto é principalmente devido ao nosso condicionamento cultural do inferno ser “lá em baixo”, e o céu estar “lá em cima.”

O mundo inferior é de fato o lugar onde muitos espíritos da natureza residem.

É um lugar onde a essência de uma planta, mineral, animal, montanha, lago, ou qualquer outro aspecto da natureza pode ser conectado pelo xamã.

Desta forma, o mundo inferior fornece informações sobre a natureza,  e ateia  invisível de interconexões que ele contém. É frequentemente 0 lugar onde aqueles animais de poder habitam, bem como totens-plantas. O mundo inferior também pode ser considerado um microcosmos, portais para o nosso o nosso inconsciente, ou partes do nosso ser, que estão constantemente nos influenciando, mas que não acessamos.

O MUNDO MEDIANO

É  realidade onde estamos inseridos, o mundo que conhecemos.  Ele é o nosso dia-a-dia e o local de nossos corpos físicos e nossa consciência desperta. A realidade desse mundo  é cheia de provações e tribulações, testes e Bênçãos. No entanto, é apenas um terço da árvore da vida. Se não estamos enraizados na sabedoria do mundo inferior, o nosso tronco não será capaz de transportar o alimento que os ramos precisam alcançar pleno florescimento.

Para que possamos compreender a realidade do mundo médio, faz-se necessário uma conexão com o mundo inferior – ou seja, entrar em comunhão com a dinâmica invisível da natureza, as essências espirituais do mundo natural. O mundo do meio seria considerado o nosso ego, ou nossa consciência.

O MUNDO SUPERIOR

O mundo superior é o que alguns chamam de “céus”, a   casa das Nações das Estrelas, o lugar dos nossos guias celestes ou espirituais, os anjos, os arquétipos e os seres planetários.

Microcosmicamente, o mundo superior relaciona-se com o nosso eu superior, ou a supra consciência que permeia toda a todo tempo e espaço. O mundo superior é onde nos voltamos para a orientação espiritual e sabedoria que são qualidades de vibrações mais elevadas.

Ele não é melhor, apenas tem uma vibração diferente. O mundo superior revela a profundidade da nossa verdadeira natureza essencial que nos permitirá entrar no florescimento do nosso propósito.

É o nosso pico, o nosso encontro. É aqui que nós recebemos a orientação que nos levará mais perto de estar em harmonia com a unidade.

Cada mundo é uma parte absolutamente necessária do nosso próprio ser e do universo em geral. Nem tem ensinamentos ou curas que não são melhores ou piores do que o outro: eles são apenas diferentes.

É por isso que a analogia de uma árvore é tão útil; você não pode dizer que as raízes são piores do que as flores. Sem essas raízes, o florescer  não seria possível.

Cada parte tem o seu lugar no padrão do todo, e ainda, o todo não pode ser reconhecível apenas observando as partes. Você não pode entender o conjunto da árvore, olhando para as raízes, em seguida, olhando para o tronco, e, em seguida, as flores. Você deve dar um passo atrás e olhar para a árvore como um ser orgânico, só então totalidade poderá ser experimentada.

Assim é com nosso próprio ser. Devemos respeitar e honrar todas as partes de nós mesmos e não se perder em viver em qualquer um dos mundos exclusivamente. Devemos tornar-nos rios fluídos. Capazes de fluir entre todos os mundos e estados de consciência com facilidade e aceitação, mas não esquecendo de dar um passo atrás e olhar para a unidade.

AXIS MUNDI – A ÁRVORE DA VIDA XAMÂNICA

No xamanismo, a viagem aos três mundos xamânicos é feita ao longo do Eixo Mundi: o “Eixo dos mundos”. Este é o eixo central que atravessa o cosmos e que o xamã usa para viajar aos 3 mundos diferentes. Usando o tambor ou chocalho do xamã, o praticante induz o transe xamânico e viaja para os mundos espirituais, geralmente acompanhado por seus aliados espirituais. Este eixo central ao longo do qual se viaja para os três mundos pode assumir muitas formas, dependendo da tradição ou da cosmologia pessoal do xamã. Em muitas tradições, esse eixo é descrito como a árvore do mundo: uma árvore universal e mítica que conecta todos os mundos espirituais. O submundo está localizado nas raízes desta árvore universal do mundo. O xamã encontra o mundo superior, as esferas celestes, na coroa. O mundo do meio e, portanto, também o nosso mundo terreno, está no tronco. 

Quando o praticante faz uma jornada xamânica , ele primeiro se concentra no Eixo Mundi. É aqui que as pessoas ganham forças antes de iniciar sua jornada e fazem uma intenção clara e poderosa. Ao praticar a viagem Xamânica,  sob a orientação de seus aliados espirituais, o viajante pode aprender a desenvolver uma fonte cada vez maior de poder aos pés deste Axis Mundi, que continuará a trabalhar na experiência da jornada de transe xamânico.

Quando reuniu energia suficiente, o xamã pode começar sua jornada de transe: ao longo do tronco da árvore do mundo, ele pode viajar para o mundo superior, intermediário ou inferior, para encontrar e trabalhar com os animais de poder e aliados espirituais .

 

TEXTO: Irene Carmo Pimenta (direitos reservados)

Imagens: Internet:

Honre o Sagrado!  Quando for reproduzir as matérias desse Blog cite a fonte.

Gostou do conteúdo? Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Posts Recentes

BUSCA POR CATEGORIA

Copyright 2022® – Oficina de Consciência 

teiadeluz@oficinadeconsciencia.com.br

error: Conteúdo protegido!